.
.
Índice Alfabético de Personajes:  A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z


  Consultas habituales
- 
- 
- 
- 
- 
- 
- 

  Biografia e vida de José Antonio Páez

Líder da independência e primeiro presidente da Quarta República da Venezuela (CURP, 1790 - Nova Iorque, 1873).A multiplicidade de interesses que têm envolvido o histórico de chamadas da Independência da Venezuela eo nascimento da República, durante o século XIX, encontra o seu representacinmxima na figura de José Antonio Pez.As circunstâncias que levaram a este homem de condição humilde, para se tornar presidente da República, o grande defensor da Venezuela, apenas tirar uma foto das alianças militares e políticas necessárias em um cenário de m instabilidade máxima.No verso, a história revela as múltiplas facetas de um homem que, movido pela possibilidade de uma guerra civil com tom separatista, o rosto de caneta fazenda em declínio, comerciante de gado, chefe dos exércitos da pradaria e grande líder do nosso país

Longe de Caracas revolucionários e conservadores mpetus crioulo manipula o final do século XVIII, José Antonio Pez CURP nascido no estado Portuguesa, em 13 de julho de 1790.Ele era um descendente de Ilhéus e Canárias, filho de Juan Fish Victorio e Mara Violante Herrera, ambos muito pequena fortuna.A família era bastante desarticulada ms, o pai morando na cidade de Guanare e trabalhou para o governo colonial em um apertado de rapé, enquanto a mãe estava de reserva para seus oito filhos


José Antonio Pez

Quando eu tinha oito anos, Pez foi enviado por sua mãe para estudar em uma pequena escola no Guamá.Est claro que as letras não eram parte do que as expectativas da família, desde a colônia não alocar muitos direitos para desposedas classes.No entanto, nada disto será inelegível para José Antonio Pez foi formado em que para além dele.A escola deste homem dava pelo Llanos de Apure e sua turma era a do Plains.Grandes extensões de terras com pastagens de alta tamaohmedos, secas e inundadas, de acordo com a estação do ano, o cenário dessa espécie de homens, cuja actividade era lidar com os animais eqüinos e bovinos, em um horizonte entende-se que apenas.

Fugindo de um incidente que custou a vida de um bandido que queria roubar, Peixe vai para as planícies e é usada como uma caneta na exploração de La Calzada, de propriedade de Manuel Pulido.Sob as ordens do Manuelote escravos, negros e capataz da fazenda Pulido, eu aprendi tudo o que um ranger deve saber: procurar o gado, rodeio, a bordo, ferrageamento, colagem, colorindo.Por tudo isso ele teve que aprender a andar de forma que seu corpo é mesclado com a besta para se parecer com um centauro."Cun Imagnese rígido, o leitor deve aprender essa vida (peixes dizer em sua autobiografia), que somente suportar a poda complexin homem robusto que Bean costumava muito jovens.] Meu corpo, a maneira dura, transformou ferro, e minha alma adquiridos com a adversidade nos primeiros anos, o templo que haverá educacinms difíceis condições de dar cuidado.

O Centauro das Planícies.

Conteúdo traduzido automaticamente, consulte a versão original (em espanhol)
  Biografia publicada el 2010-08-06. Até agora recebeu 16340 visitantes
Compartilhar:
 

      Biografias recomendadas
ThaliaAníbal PachanoTrinidad Morán
Terelu CamposLeo MattioliJuana Acosta
 
  Veja também
(Quito, 1877- id., 1974) Político e ingeniero ecuatoriano. Ministro de Obras Públicas (1935), en el mismo año una junta militar que había derribado a Velasco Ibarra le nombró dictador. Nombrado presid...
(Rodolfo Páez; Rosario, 1963) Músico y compositor de rock argentino, uno de los más destacados de este género en su país. Aficionado desde niño a la música, ya a los trece años formó su primer grupo: ...
(Montevideo, 1923) Pintor uruguayo. Su obra, muy inspirada en el folclore americano, se ha desarrollado sobre todo en el campo del muralismo. Cabe destacar El éxodo del pueblo oriental, un mural de 40...
(Quer, Guadalajara, c. 1512- id., 1570) Erudito y humanista español. Cursó estudios en Alcalá de Henares, Salamanca y Bolonia, y acompañó a D. Hurtado de Mendoza a Roma, donde se ordenó sacerdote (154...
(La Habana, 1885-1946) Escritor y diplomático cubano. Como diplomático realizó numerosas misiones en las legaciones cubanas en España, Portugal, México y Estados Unidos de América. Fundó la Sociedad d...
  Comentarios
   
     
.
Contacto - Enlaces de interés - Biografías cortas - Jugos caseros - Remedios caseros | Politicas de privacidad